1 Comentário

Insanidade!

“De onde se menos espera, daí que não sai nada”.
Em um ato insano os nobres edis contrataram mais 25 assessores em 2013.
Vejam a falta de parcimônia com o uso do dinheiro público e a falta de respeito com a população.
Os gastos com salários e encargos dos 388 assessores (367 lotados nos gabinetes e 21 na Câmara), custaram para o município R$ 26,7 milhões.
E fica confirmado o triste axioma da democracia local, toda vez que um político tem uma ideia a população paga a conta e o município piora.

Anúncios

One comment on “Insanidade!

  1. […] artigos em questão – Maluquice!, Procura-se e Insanidade! – evidenciam que a eficiência e o zelo com a coisa pública não são o forte daqueles que […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: