1 Comentário

Convidado a responder por duplo padrão de moralidade o vereador Pedro Tourinho silencia

É sempre assim: partidos autodenominados representantes do povo quando são convidados a dar explicações para a população preferem se calar. E depois ainda tentam vender a idéia de aumentar a representatividade por meio de conselhos populares… Francamente!

Pois bem, se o vereador-militante Pedro Tourinho [1] abriu mão do seu direito de resposta que ao menos os leitores deste blog tomem ciência de que ele fugiu do questionamento que lhe foi feito há dois meses.

O caso em questão diz respeito ao duplo padrão de moralidade adotado pelo cabo eleitoral do partido mais corrupto deste país.

No início do ano Pedro Tourinho, o vereador que vive de dinheiro público para promover a agenda do PT, entendeu que a declaração de Rachel Sheherazade era um convite à violência e assim apresentou uma moção de repúdio na Câmara Municipal de Campinas. Seguindo a mesma lógica, esperava-se que o vereador-militante Pedro Tourinho mantivesse a coerência e repudiasse o próprio partido ao incitar o ódio entre aqueles que discordam de seu partido.

A série de constrangimentos públicos parece não ter fim [2]. Ao silenciar contra a incitação de violência promovida pelo seu partido Pedro Tourinho aceita a premissa de que existem dois tipos de políticas: uma destinada aqueles que comungam de suas crenças partidárias e outra para os que discordam de sua visão de mundo.

É assim que o PT pretende criar os conselhos populares. Se você for um membro da base aliada poderá integrar o seleto grupo de representação da sociedade civil na Política Nacional de Participação Social (decreto presidencial 8.243). Caso contrário, o partido irá fomentar o ódio e estimular a ira de seus militantes na velha tradição marxista de luta de classes [3].

Para que não paire nenhuma dúvida nas intensões do vereador-militante Pedro Tourinho eis a moção que ele apresentou aplaudindo o decreto bolivariano que tenta dar o golpe na democracia: 117/2014.

_______________

Notas:

[1] A verdadeira face de Pedro Tourinho é dissecada minuciosamente no artigo Quando os interesses partidários falam mais alto. O artigo expõe com clareza como suas ações são orientadas para favorecer a agenda do partido em detrimento do atendimento à população. Nem mesmo a ética profissional é poupada para atingir esse objetivo, usando da própria categoria quando lhe convém e descartando-a quando esta não lhe serve mais.

[2] Ao levar sua agenda partidária a cabo Pedro Tourinho chega ao cúmulo de tentar imputar ao prefeito de Campinas a culpa pelos criadouros de mosquitos da dengue, responsabilidade esta que só cabe aos proprietários dos imóveis com água parada. Nem mesmo em sua própria página pessoal Pedro Tourinho foi poupado, sendo alvo de chacota por tentar desgastar a imagem do Poder Executivo. Leia mais em Minando a credibilidade do Executivo.

[3] Por ocasião do lançamento do programa Mais Médicos Pedro Tourinho argumentou que a resistência da classe médica ao programa do governo federal era devido a um jogo de interesses financeiros e não ao bem estar do paciente. Essa manobra para jogar os médicos contra a população foi registrada no artigo Anatomia de uma mentira.

Anúncios

One comment on “Convidado a responder por duplo padrão de moralidade o vereador Pedro Tourinho silencia

  1. Estou vendo pela primeira vez esse vereador do PT. Quando entrei no perfil do vereador do PT no Facebook fiquei muito triste em ler os comentários dos petistas que apoiam Pedro Tourinho. Os petistas estão comentando igual as pessoas da extrema-direita. Os petistas xingam, escrevem pouco e mal e não apresentam uma crítica com argumentação válida. É muito triste ver o nível baixo dos petistas campineiros. Eu acho que o vereador deve governar com o que tem na realidade. Confrontar o Executivo não é bom e vai contra as ordens do LULA. O vereador deve estudar as possibilidades que tem em mãos pra realizar o que deseja na sociedade. O vereador deve estudar o programa de governo do executivo e ver onde pode entrar pra realizar as demandas sociais que apóia. Esse comportamento de xingar e ter raiva e ódio é comportamento das pessoas comuns e um vereador deve ter um senso mais desenvolvido que permite uma decisão mais adequada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: