8 comentários

Canudinhos e o custo de um Estado-babá

Semana passada a câmara dos vereadores aprovou o projeto de lei PLO 116/2012 – Projeto de Lei Ordinária /  Processo 210167  de autoria do ex-vereador Zé Cunhado (PP), que proíbe que restaurantes, bares, lanchonetes e demais estabelecimentos congêneres forneçam canudos que não estejam protegidos por meio de invólucros.

Não se discute o benefício do invólucro para a saúde, mas como o próprio vereador argumenta em sua justifica “em algumas redes de lanchonetes e restaurantes o produto já vem embalado, uma consciência de extrema importância do comerciante”.

Isso posto, ao legislarem sobre o tema os nobre vereadores endossam o fato de que boa parte da matéria legislativa por eles apresentada não cria/inova sobre preocupações de alguns setores da sociedade. Muito pelo contrário! Ao debruçarem-se sobre temas de menor importância como esse, a casa legislativa só reforça o seu caráter de Estado-babá, que piamente acredita saber o que é melhor ou não para o indivíduo do que ele mesmo.

O Estado democrático de direito já assegura ao cidadão o direito de livre escolha, cabendo a este decidir se quer fazer suas refeições em um restaurante imundo ou não.  A livre concorrência, natural em sociedades de livre mercado, dirá qual o estabelecimento comercial que irá sobreviver às escolhas da população sem que, com isso, precise de uma legislação específica para regular aspectos como esse.

Este é o nível do debate político em Campinas: legislar sobre aquilo que já é uma prática comum e há muito tempo estabelecida. Ao aprovar tal lei a Câmara de Vereadores de Campinas assina seu atestado de absoluta ineficiência, para não dizer completa dissonância com o mundo real. O mínimo que os nobres vereadores deveriam fazer para justificar o alto custo de manutenção da casa legislativa (ver vídeos abaixo) seria mostrar eficiência, mas isso já é pedir demais para quem preocupa-se com canudinhos.

Programa Entrevista Coletiva com Reinaldo Tonin exibido em 30/09/2012- bloco 1 de 2:

Programa Entrevista Coletiva com Reinaldo Tonin exibido em 30/09/2012 – bloco 2 de 2:

Anúncios

8 comments on “Canudinhos e o custo de um Estado-babá

  1. Muito bom Fábio!

  2. Esse povo (políticos) custa uma fortuna para os cofres com seus assessores ganhando para produzir isso. Que vergonha quando me dizem que eles nos representam. Eu não sou assim não.

  3. […] até o presente momento as proposições analisadas não mereciam crédito, seja pela sua completa ineficiência administrativa seja pela ausência de lógica, o vereador Marcos Bernardelli inaugura uma nova categoria: a […]

  4. fico pensando no custo de aprovação desta lei. Quero dizer, a hora trabalhada de cada vereadore, luz, água, IPTU do prédio da camara, enfim, só para aprovar uma lei.
    qual o retorno que esta lei dará? Diminuirá o numero de pessoas em fila de hospital devido a infecções? Aumentará o faturamento da industria de embalagens de canudos e consequentemente a arrecadação e aumento de emprregos do setor?

    • Pois é, Rafael, este é o nível de debate político que uma cidade com de mais de 1 milhão de habitantes como Campinas é capaz de gerar. Absolutamente medíocre! Quanto mais eu estudo mais tenho certeza de que se a Câmara de Vereadores fosse extinta amanhã ninguém sentiria a sua falta. Paga-se um preço muito elevado pela manutenção da casa legislativa municipal para um retorno de resultados tão pífios.

  5. […] Notem que diminuir a capacidade ociosa de servidores comissionados sem mexer na verba de gabinete certamente não irá aliviar o gasto com as contas públicas – e aqui peço licença para fazer uma observação: manter um gabinete com 15 pessoas subordinadas a um vereador que por sua vez tem como único ofício a atividade de nomear ruas e praças entre outras atribuições menores como apresentar moções de aplauso e distribuir título de cidadão, é um flagrante de desperdício de recursos públicos. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: