Deixe um comentário

Relatório da atividade parlamentar de Aurélio Cláudio (01-07/13)

Até o presente momento não há qualquer matéria legislativa que desabone* o trabalho do vereador Aurélio Cláudio. Durante o período analisado – de Janeiro a Julho de 2013 – o vereador não usou o artifício das indicações, que apelam ao poder executivo para executar obras de manutenção e reparo.

Tipo  Natureza  Quantidade
IND  Indicação  8276
MOC  Moção  41
OFP  Ofício da Presidência  1
PDL  Projeto de Decreto Legislativo  44
PLC  Projeto de Lei Complementar  3
PLO  Projeto de Lei Ordinária  161
PRE  Projeto de Resolução  2
PELOM  Proposta de Emenda à Lei Orgânica  2
PPREF  Protocolado  516
PRTCM  Protocolo da Câmara Municipal de Campinas  1
REQ  Requerimento  835
 Total de Proposições (1º autor)  9781

* Vale lembrar que há exatos 2 anos o vereador negociava a compra de votos dos vereadores para impedir o impeachment do então prefeito Dr. Hélio (afastado por suspeita de conivência em contratos fraudulentos) – ver reportagem originalmente publicada no portal Via EPTV.com:

 

Vereador admite que usou nome de Dr. Hélio para suposta compra de votos

Gravação de conversa entre advogado e Aurélio Cláudio (PDT) mostra negociação para evitar cassação

17/08/2011 – 19:19

EPTV

Alterar o tamanho da letra A+A-

O vereador pedetista Aurélio Cláudio, que exerce seu terceiro mandato na Câmara, admitiu na noite desta quarta-feira (17), que usou o nome do prefeito de Campinas, Hélio de Oliveira Santos (PDT), em uma negociação que chegaria a R$ 3 milhões no pagamento de uma suposta compra de votos favoráveis dos vereadores, a fim de evitar a cassação do mandato de Dr. Hélio. A denúncia surgiu após a gravação de uma conversa entre o vereador e o advogado Ricardo Marreti às vésperas da votação do impeachment.

O advogado explicou que 11 dias antes da gravação, o vereador já havia comentado sobre o esquema de pagamento para garantir que Dr. Hélio continuasse no cargo, o que também foi registrado no encontro que ambos tiveram no escritório particular de advocacia, onde foi feita a gravação.

Após a denúncia, Aurélio Claudio pediu desculpas e disse que está passando por uma situação financeira complicada e por isso teria usado o nome do prefeito. O vereador já foi presidente da Câmara por duas vezes, de 2007 a 2008 e de 2009 a 2010, e sempre foi leal ao prefeito de Campinas, que é do mesmo partido. Nas duas votações pelo afastamento de Dr. Hélio, o vereador votou contra.

Gravação

O vereador foi ao escritório de Marreti no dia 9 de agosto conversar sobre a dívida que Aurélio Cláudio teria com uma cliente do advogado. Mas, no início da conversa gravada, o assunto era outro: o voto de cada vereador contra o impeachment do prefeito teria um preço.

Na conversa gravada, Aurélio Cláudio, homem de confiança do prefeito na Câmara Municipal, se mostra bem informado. Os dois comentam que o ideal era pagar pelo menos uma parte antes da votação do impeachment.

Em entrevista a EPTV, o vereador negou conhecer o advogado e disse que não ocorreu a conversa. “Não houve essa conversa. Não existe nenhuma possibilidade de ter existido essa conversa. Desconheço totalmente, gostaria de ouvir essa conversa”, disse primeiro o vereador, depois voltou atrás dizendo “posso ter comentado sobre rumores”.

O advogado disse que valores específicos não foram mencionados, mas disse que a soma de todos os pagamentos chegaria a R$ 3 milhões, além do custo dos caprichos de cada vereador. Ele também encaminhou a gravação para o Ministério Público.

Avaliação

O cientista político Valeriano Costa, analisa que a cidade está com uma situação política limite, pois o prefeito está sob questionamento e com essas articulações a postura dos vereadores, que deveriam investigar o prefeito, está em dúvida. “Todos os vereadores vão ter que tomar uma posição porque estamos com eleições no próximo ano. Pode acontecer uma ideia de generalizar a postura de aceitar vender ou trocar os votos”, explica.

Desculpas

Depois de conversar com a EPTV, o vereador Aurélio Cláudio encaminhou às 18h desta quarta-feira (17) uma carta direcionado ao prefeito de Campinas com um pedido de desculpas.

Em um dos trechos do texto o vereador cita “jamais me foi oferecido qualquer vantagem material para influenciar meu voto no processo da Comissão Processante, nem por parte do prefeito, nem por parte do presidente do legislativo. As afirmações que fiz, e que foram gravadas de má-fé – provavelmente para negociar valores mais elevados que a dívida que possuo – para atender a quem tenha interesse na cassação de vossa excelência”.

O vereador também informa que “é com enorme constrangimento, que me dirijo à vossa excelência para pedir desculpas por ter mencionado indevidamente seu nome, em conversa privada e de meu exclusivo interesse. Neste momento, não me resta mais o pudor de evitar chegar ao conhecimento público a imensa dificuldade financeira em que me encontro, com credores cuja soma das dívidas ultrapassa em muito os proventos, que recebo como vereador”.

Administração

O prefeito de Campinas por meio de nota divulgou que aceitou o pedido de desculpas do vereador Aurélio Cláudio, considerando o assunto encerrado. Leia na íntegra a nota:

O Prefeito Hélio de Oliveira Santos aceitou o pedido de desculpas do vereador Aurélio Cláudio, e considera esse assunto encerrado. O prefeito lembrou, ainda, que a central de boatos envolvendo compra de votos tanto no legislativo quanto no executivo foi mencionada pelo presidente da Câmara, vereador Pedro Serafim, em entrevista numa emissora de rádio. 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: